CCI 2011: O ano dos X-Men

Com X-Men: Cisma atualmente em curso e uma iminente reconfiguração da franquia aguardada para o final do ano, os mutantes se preparam para iniciar um novo capítulo de quase 50 anos de vida com a divisão dos X-Men em facções lideradas por Ciclope e Wolverine respectivamente. Com a presença do editor Axel Alonso e os roteiristas Rick Remender (Uncanny X-Force), Christopher Yost (X-Men: First to Last) e Marjorie Liu (X-23) e Peter David (X-Factor) o painel sobre os mutantes apresentou algumas novidades sobre o que veremos nos títulos mutantes.

Para começar, foi revelado um teaser, nos traços de Chris Bachalo, protagonizado pelos componentes do grupo mutante que seguirá os passos do mutante canadense e onipresente que veremos no título Wolverine e os X-Men. Usando do já comum truque de ocultar os personagens nas sombras, ficamos apenas com algumas pistas de quem poderá fazer parte do grupo, um dos personagens lembra bastante Míssil, e logo atrás desta sombra vemos uma estranha figura que lembra o falecido Noturno, também é possível ver um personagem usando um penteado moicano e no mais o estilo “peculiar” de Bachalo não permite que se deduza quem sejam, mas eu apostaria que na equipe tenhamos Jubileu e Vampira, dada a ligação entre elas e Wolverine.
Como não podia deixar de ser, continua o hype em torno de X-Men: Cisma destacando a importância que terá tanto para o universo mutante como para a totalidade do Universo Marvel. Geração Esperança sairá seriamente afetada (com um resultado que provocará tanto louvor quanto reações furiosas entre os fãs), que será impossível escolhermos definitivamente por um dos lados e foi destacado que o final da saga coincidir com O Próprio Medo e A Cruzada das Crianças não é por acaso.
Sobre o futuro, após o evento, já está definido que Kieron Gillen (roteirista da nova Fabulosos X-Men) terá nos traços Billy Tan enquanto Chris Bachalo contará com a colaboração de Nick Bradshaw (Army of Darkness e o Fuga da Zona Negativa, crossover entre os anuais de X-Men, Steve Rogers e Namor) na coleção de Jason Aaron. Sobre esta, Lowe destaca que está é a série mais insana já vista nos títulos mutantes e que a revista Fabulosos X-Men de Gillen nos apresentará a mais espetacular série de ação super-heróica que podemos imaginar. Sobre a mesma foi mostrada ma capa com Emma Frost deixa no ar uma suspeita em torno da ausência de Ciclope.
Aclamado pelo público, Rick Remender fala que a Fabulosa X-Force terá importantes mudanças em seu elenco depois da conclusão da Saga do Anjo Negro e X-Men: Cisma. Mostrnado um imagem em que Deadpool aparece lutando contra Blob e um gigantesco Homem de Gelo além de falar que os poderes de Psylocke realmente tem alternado entre telepatia e telecinese e também afirma que a relação futura entre Wolverine e sua equipe pode sofrer importantes mudanças. Falando de como a relação de Jean Grey e Noturno da Era do Apocalipse e as conseqüências que isto pode ter, o roteirista afirma que as ramificações da viagem do grupo a aquela dimensão terá uma infinidade de desdobramentos incluindo a transferência de elementos (ou personagens) para o Universo Marvel tradicional. Brincando (ou não) sobre a possível reaparição de Larval, o que não esta claro é sobre o futuro do líder mutante Scott Summers, perguntado se teria coragem de matar Ciclope, Alonso respondeu que eles já foram capazes de matar o Askani’son. O editor deixa claro se um grupo se mantenha fiel a seus ideais isso não significa que ele faça parte do mesmo… de corpo presente. Alguém pode retomar seus ideais e prosseguir com a luta contra outra facção.
Também recebido com carinho pela prateia, Peter David falou sobre como o X-Factor tambémm se vera afetado pelos acontecimentos da Cisma em torno do número 230 e que aproveitará a ocasião para introduzir novos elementos e rever a dinâmica da equipe. Contente de voltar a trabalhar com Leonard Kirk a quem descreve como o melhor confidente que um desenhista pode desejar, dada a sua capacidade de dar vida a tudo o que pede. A morte de um dos componentes do grupo de investigadores privados e o nascimento do bebê de Lupina serão os momentos cruciais no desenvolvimento da série que nenhum fã da franquia mutante irá querer perder. A respeito do futuro de Darwin, o personagem voltará a passear pelas páginas da coleção, e reforçou que não achou que não pareceu fiel ao personagem o destino que lhe deram em X-Men Primeira Classe, uma vez que o personagem tem entre seus recursos habilidades que o deixariam morrer da forma como aconteceu no filme. Sobre a recuperação dos poderes de Rictor nas páginas da Cruzada das Crianças o roteirista declara estar envolvido com o projeto desde o início e que confia plenamente no responsável pela edição considerando que a série de Heinberg e Cheung é uma destas que atraem a mídia, o que permite elevar a popularidade de sua própria série. Havendo mantido o personagem em segundo pplano durante os últimos números, as conseqüências da sua recuperação serão exploradas à partir do número 225. Deixando bem claro que Ric não vai ser o único a recuperar seus poderes, David conclui anunciando que Pip, o Troll, dará uma de Rhett Buttler (protagonista do filme E o Vento Levou) a Monet St Croix.
  
 

 
A equipe em destaque desta primeira metade do ano, a Fundação Futuro também participara tanto de edições dos X-Men de Victor Gischler em um team up com os X-Men em que os velhos conhecidos do Dr. Destino e Magneto se reencontram agora que ambos estão do lado dos anjos e também na série regular da X-23, onde a garota e o grupo científico enfrentarão uma ameaça cósmica. Gambit continuará como membro regular da coleção acompanhando Laura em suas aventuras mesmo que em uma ou outra ocasião perca os passos da garota. Já Daken continuará suas andanças por Los Angeles, onde encontrará com membros do Orgulho (grupo criminoso formado pelos pais dos personagens de Fugitivos) em sua própria coleção e os editores destacaram que não há nenhum outro personagem que seja um jogador de grande interesse e complexidade.
2012 será um ano de suma importância para Deadpool tanto por causa do início do novo volume de sua série ambientada dentro do selo MAX, por Devid Lapham e Kyle Baker como por conta do nascimento de seu novo nêmese “Evil Deadpool” a partir de vários membros estirpados representando a pior faceta do mercenário tagarela. Este confronto conduzirá a um importante acontecimento na trajetória do personagem que  ninguém na mesa quis falar a respeito. Teriam a coragem de matar Wade?
  
A respeito dos Piratas Siderais reaparecem nas páginas de X-Men Legacy e que se manterão em primeiro plano até o ponto de que alguns deles tenham um importante papel em Regenesis. O grupo editorial confirma que a coleção de Mike Carey prosseguirá com um elenco determinado a partir do evento de Aaron assim como a ESPADA voltará a ter protagonismo nas páginas de Surpreendentes X-Men. Também foi anunciado que será lançada uma espetacular reedição do primeiro número de X-Men de Jim Lee e Chris Claremont para celebrar os 20 anos do título mais vendido da história. Não há planos para trazer de volta nem o Mímico, nem Jean Grey, ou de revelar a relação entre esta e Hope Summers.
No mais, voltaram a mencionar a relevância que irá adquirir o Homem de Gelo nos próximos meses (uma relevância que parece nunca chegar). Sobre ser possível que em um futuro próximo poderíamos ver um conflito entre os X-Men e os Vingadores uma vez que os três eventos principais da editora (O Próprio Medo, A Cruzada das Crianças e Cisma) terminem na mesma época, só foi confirmado que no próximo verão todos os olhos estarão voltados para os X-Men sendo a etapa atual uma mera ante-sala de tudo o que está por vir.
Um teaser similar ao de Chris Bachalo revela o grupo que seguirá os passos de Ciclope (sem a presença de Ciclope confirmada). Ambientada em Utopia, o único personagem visível é Emma Frost cercada por uma série de silhuetas mais ou menos reconhecíveis. Na imagem temos o Mestre do Magnetismo alçando vôo junto a uma figura massiva que poderia ser o Fanático (ou Colossus em posse do rubi de Cyttorak como foi visto em um dos teasers ligados a O Próprio Medo) uma figura feminina com uma espada que bem poderia ser Magia e uma quinta figura com uma silhueta estranha (Forge?). No entanto Gillen anunciou que nove personagens formarão o núcleo central de seus X-Men, é esperar pra ver.

Sobre tioultimate

blog tipo 2 do titio ultimate
Esse post foi publicado em cci 2011, Ciclope, Cisma, editores, Emma Frost, regenesis, Wolverine, X-Men. Bookmark o link permanente.

6 respostas para CCI 2011: O ano dos X-Men

  1. parabens pelo artigo neo-x, muito bem escritoexcelente mesmo

  2. Andre disse:

    Parece interessante, espero que o cisma seja tão bom quanto está prometendo.e, eu to cansado de super sagas po@$%, eu nem curto todos os personagens da marvel, dai tenho que ficar procurando por todo canto pra saber o que está acontecendo com personagens que eu nem gosto para poder entender tudo.além do que se fosse comprar eu gastaria uma grana pesada (coisa que eu ainda não tenho)

  3. Rhodes disse:

    Bom artigo, muitos detalhes não vejo a hora de ler.

  4. Willy-x disse:

    Gostei muito da Emma estar presente em muita coisa que vem por aê ^–^Esperando ansioso pelas Hqs

  5. COmo sempre os X-men são Fabulosos e Surpreendentes…Obs: a sombra do noturno, tbm pode ser a da Nocturna(filha dele)

  6. Silvano disse:

    me parece mais que a sombra do noturno seja na verdade o dragao da kitty

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s