Game of Thrones – [Apêndice]

Game of Thrones tem qualidade de filme, quase a duração de um, e como um seriado da toda poderosa HBO, abre um caminho para as adaptações de grandes obras da literatura ou outras mídias. Pois veja bem, os filmes hoje em dia ganham um grande orçamento, então a qualidade da adaptação, em recursos, atores, staff e etc, dão aos telespectadores aquilo que eles esperam ver. Mas por ser uma adaptação em filme, para obras extensas esse formato tem curta duração e sofre corte de muitos eventos que seriam importantes ao curso da história.

Num seriado como esse, porém, que ganha tanto ou mais investimento que um filme, é mais que os fãs e os próprios envolvidos poderiam sonhar. Eles têm o regozijo de aproveitar mais de 3 horas ou de apenas uma trilogia para poder desenvolver uma história que têm a mesma qualidade de um filme. Assim, a obra ganha muito mais detalhe, muito mais história, e muito mais envolvimento por parte de nós com os personagens. Em Game of Thrones eu não apenas vi uma grande história da Terra Média e as artimanhas de diferentes famílias para chegar ao trono, mas sim, uma grande oportunidade para fazer as grandes mídias considerarem esse formato como uma melhor adaptação.
Por conta disso tudo que falei acima, Game of Thrones tem um enredo bem detalhado, que quem já leu os livros deve estar bem familiarizado. Para quem nunca leu um livro (como eu) ou nunca leu nada sobre a série antes de por os olhos nela, eu temo que esta pessoa fique perdida no enredo. Uma coisa que Tolkien nos ensinou em livros de “Terra Média/fanstasia medieval” é que nomes de pessoas e famílias aparecem constantemente na trama, e se você perder o fio da meada, a ficha vai demorar a cair. Por isso eu pensei em fazer algumas séries de posts, não só para os desavisados que ainda não viram/leram e pretendem ver Game of Thrones, mas para aqueles que ainda estão vendo assim como eu, pois os episódios são exibidos apenas uma vez por semana e às vezes é difícil lembrar-se de alguns detalhes.
INFØGRÁFICØ

Se já leu O Silmarillion, encare este infográfico da mesma forma que você usou o apêndice daquele livro. Se nunca leu, eu explico. Em O Silmarillion, você deve (quase que obrigatoriamente mesmo) a todo momento estar pesquisando o apêndice do livro para saber quem é quem, famílias, nomes, lugares, mapas etc. Parece chato mas não é, pra mim tornou a leitura mais divertida. Então, o infográfico abaixo vai funcionar da mesma forma. E é até bem mais fácil que o da obra de Tolkien. Sempre que você estiver assistindo um episódio e sua cabeça der um nó em tantos nomes, aí estarão, pelo menos, os personagens mais importantes da trama dispostos em suas respectivas famílias e cruzamentos entre elas:

Agora vamos conhecer mais do universo em Game of Thrones:

WESTEROS
Westeros é um grande continente localizado no extremo oeste do mundo conhecido. É separado do continente Essos por uma faixa de água conhecida como o Mar Estreito. A maioria dos acontecimentos em Game of Thrones acontece em Westeros.
Quase todo o continente, salvo apenas as terras do norte longínquo além da Muralha, é regida por uma única entidade política conhecida como os Sete Reinos, que se mantêm fiel ao Rei no trono de ferro da cidade de Porto Real. Os termos “Sete Reinos” e “Westeros” são normalmente usados como sinônimos.
Westeros e Essos têm experimentado extremas temporadas de estações de ano de longa duração, normalmente durando anos cada uma. O clima em Westeros varia de sub-ártico no norte longínquo, além da Muralha, para um clima desértico nos locais mais ao sul, ao longo da península de Dorne. Quando a série se inicia, o mundo está num verão que durou por 9 anos, o que é longo e fora do comum, e os maesters (homens de vasta sabedoria nos Sete Reinos) temem que um inverno tão longo quanto seguirá. Westeros se estende muito mais ao norte que Essos, então é muito mais afetado por longos invernos, enquanto Essos, que se extende até as regiões equatoriais, geralmente é mais quente.
Há uma sugestão que os longos períodos não são de origem natural, mas pode ter se originado de um evento quase que mítico chamado de Noite Longa a 8 mil anos atrás, quando é dito que “os outros” usaram a cobertura do inverno que durou uma geração e uma noite que durou anos para invadir Westeros. Eles foram derrotados na Guerra do Amanhecer, jogados de volta ao norte longínquo e impedidos de retornar levantando-se a Muralha, mas as estações nunca se recuperaram. Maesters são altamente céticos em relação à história, relatando-a como um folclore, a despeito da presença indiscutível da Muralha.
Regiões de Westeros:
  • O Norte (Cinza): Regido pela Casa Stark do castelo de Winterfell. Nome Bastado: Snow.
  • O Vale de Arryn (Azul): Regido pela Casa Arryn do castelo conhecido como O Ninho. Nome Bastardo: Stone.
  • The Riverlands (Verde): Regido pela Casa Tully do castelo de Riverrun. Nome Bastardo: Rivers.
  • The Westerlands (Vermelho): Regida pela Casa Lannister do castelo de Rochedo Casterly. Nome Bastardo: Hills.
  • The Iron Islands (Amarelo): Regida pela Casa Greyjoy do castelo Pyke. Nome Bastardo: Pyke.
  • The Crownlands (Rosa): Regida diretamente pelo Rei que se encontra no trono de ferro da cidade de Porto Real. Nome Bastardo: Waters.
  • The Stormlands (Marrom): Regida pela Casa Baratheon do castelo de Storm’s End. Nome Bastardo: Storm. 
  • The Reach (Verde-Limão): Regida pela Casa Tyrell do castelo de Highgarden. Nome Bastardo: Flowers.
  • Dorne (Roxo): Regido pela Casa Martell do castelo de Sunspear. Nome Bastardo: Sand.
  • Os territórios selvagens estão representados de preto. Outra cidade importante a mencionar, mas que não faz parte de Westeros é a cidade portuária de Pentos, localizada no continente de Essos, atravessando o Mar Estreito.

Cidades de Westeros:
Porto Real
  • Porto Real, a capital de Westeros com uma população de meio milhão. Regida pelo Rei.
  • Cidade Velha, a cidade porto e principal de Reach, anteriormente a maior cidade em Westeros e quase tão grande quanto a capital. Regida pela Casa Hightower para os Tyrells.
  • Lannisport, a cidade porto e principal de Westerlands. Regida por uma ramificação da Casa Lannister.
  • Gulltown, a cidade porto e principal do Vale. Regida pela Casa Grafton para os Arrys.
  • White Harbor, a cidade porto e principal do Norte. Regida pela Casa Manderly para os Starks.
Religiões em Westeros:
  • A Fé dos Sete, adorando as sete faces do deus dos Andals. A religião dominante do continente.
  • Os Antigos Deuses da Floresta, adorados pelo Norte e algumas partes da Riverlands.
  • O Rei Afogado, a religião das Iron Islands.
  • O Rei Vermelho, também conhecido como o Lord da Luz ou R’hllor, uma entidade do oriente que tem uma base muito pequena em Westeros.

Povo de Westeros:
  • Os primeiros homens, descendentes dos habitantes originais de Westeros que vieram ao continente a mais de 12 mil anos atrás.
  • Os Andals, descendentes de uma enorme faixa de migração e invasão a mais de 6 mil anos atrás.
  • Os Rhoynar, uma raça de pessoas do continente oriental que fugiram para Dorne durante a guerra com Valyrua e se misturaram com a população de Andals por lá.
  • Os ironborns, pessoas msituradas com os primeiros homens e os Andals.
Raças Mitológicas e criaturas em Westeros:
  • As Crianças da Floresta, uma raça amistosa que se aliaram aos primeiros homens. São os orginais adoradores dos velhos deuses da floresta. Acredita-se que foram dizimados ou forçados a fugir pelas invasões dos Andals.
  • Os Caminhantes Brancos, uma raça de criaturas de gelo do norte longínquo. Acredita-se que lutaram numa guerra contra os primeiros homens e as crianças da floresta oito mil anos atrás antes de serem derrotados e expulsos de Westeros, com uma Muralha levantada contra o seu retorno. São considerados extintos.
  • Gigantes, seres humanos de grande estatura, ocasionalmente relatados pelos selvagens que ainda existem além da Muralha, mas são creditados como mitos das pessoas de Westeros.
  • Wargs, pessoas com a habilidade de tomar controle dos animais a qual estão ligados. Creditados como mitos em Westeros.
  • Dragões, répteis alados de idade e ferocidade tremendas, capazes de cuspir fogo. Originados no leste e escravizados pelos Valyrians, que os usavam como armas de guerra e transporte para forjar seu império. A maioria dos dragões foram destruídos 4 mil anos atrás, e só alguns sobreviveram para ajudar a invasão Targaryen em Westeros. O último dos dragões Targaryen morreu a mais de 150 anos atrás. Eles eram reais, os crânios de mais de uma dúzia de dragões ainda são mantidos em Red Keep, mas afora são considerados extintos.
A Guerra dos Tronos

Game of Thrones se passa em Sete Reinos de Westeros, uma terra que lembra a Europa Medieval. Em Westeros as estações duram por anos, algumas vezes décadas por vez.

Quinze anos antes do inicio da história, os Sete Reinos estão divididos por uma guerra civil, também conhecida como A Rebelião de Robert e A Guerra do Usurpador. O príncipe Rhaegar Targaryen seqüestrou Lyanna Stark, despertando a ira da família da moça e de seu noivo, Lorde Robert Baratheon. O Rei Louco, Aerys II Targaryen, executou o pai e o irmão mais velho de Lyanna, quando ambos exigiram o retorno da moça. O segundo irmão de Lyanna, Eddard, uniu-se ao seu amigo de infância Robert Baratheon e Jon Arryn, com quem ele havia sido criado quando criança, declarando guerra contra os Targaryens, assegurando aliança com a Casa Tully e a Casa Arryn através de uma rede de casamentos (Lorde Eddard com Catelyn Tully e Lorde Jon Arryn com Lysa Tully). A poderosa Casa Tyrell continuou a apoiar o rei. A guerra civil teve seu auge com a Batalha do Tridente, onde o príncipe Rhaegar foi assassinado em batalha por Robert Baratheon. Os Lannisters finalmente concordaram em apoiar o rei Aerys, porém tornaram-se contra ele brutalmente, saqueando a capital Porto Real. Jaime Lannister da Guarda Real executou o rei Aerys e a Casa Lannister jurou lealdade a Robert Baratheon. Os Tyrell e os remanescentes fiéis aos Targaryens renderam-se e Robert Baratheon foi declarado rei dos Sete Reinos. Infelizmente, durante a guerra, Lyanna Stark faleceu, aparentemente de algum mal; Robert Baratheon então casou-se com Cersei Lannister para concretizar a aliança.
Apesar da vitória de Robert, o filho e a filha mais novos do rei Aerys, chamados Viserys e Daenerys foram levados para o outro lado do oceano por homens leais aos Targaryens. Depois da guerra a Casa Martell escolheu o caminho do exílio, já que a irmã do Príncipe Dorean Elia (mulher do príncipe Rhaegar) foi assassinada juntamente com seus filhos na tomada da capital Porto Real.
Seis anos depois o Rei Robert provou sua determinação ao derrotar os rebeldes do Lorde Balon Greyjoy da Ilha de Ferro. Os dois filhos mais velhos de Balon foram mortos e seu filho mais novo, Theon, foi colocado aos cuidados do Lorde Eddard Stark, como seu protegido.

Theon Greyjoy

Nos Sete Reinos 

 

Winterfell
Eddard Stark, senhor de Winterfell e do Norte, ocupa-se da execução de um homem da Patrulha da Noite, que traiu seus votos de fugir da Muralha. Seus filhos Robb e Bran, seu filho bastardo Jon Snow e seu protegido Theon Greyjoy também estão presentes. Depois da decapitação, Robb encontra uma fêmea morta de lobo gigante – direwolf (o símbolo da Casa Stark), assassinada pelos chifres de um veado (o símbolo da Casa Baratheon), a fêmea havia dado a luz a cinco filhotes antes de morrer. Robb e seus irmãos pedem a Lorde Eddard para que possam ficar com os filhotes, o qual consente, com a condição de que as crianças cuidem deles, ao invés de deixarem a tarefa aos criados da Casa Stark. São cinco filhotes, um para cada filho legítimo de Eddard: Robb nomeia o seu filhote como Vento Cinzento e Bran nomeia o seu Verão, enquanto que as filhas de Eddard, Sansa e Arya colocam o nome de Lady e Nymeria respectivamente. O filho mais novo de Eddard, um garotinho de três anos de idade Rickon, nomeia seu filhote como Cão Felpudo. Inesperadamente, Jon encontra um sexto filhote, deitado separadamente dos outros, um filhote albino e subdesenvolvido, com pelos branco e olhos vermelhos. Jon reivindica o filhote, de nome Fantasma, para ele mesmo.
O Rei Robert Baratheon chega em Winterfell, com sua côrte e muitos serventes, incluindo sua esposa, a rainha Cersei da Casa Lannister, e seus filhos: Joffrey, Myrcella e Tommen. O irmão gêmeo da rainha, Sor Jaime Lannister da Guarda Imperial, e seu irmão mais novo Tyrion, o Duende (chamado dessa forma por ser um anão), também acompanham o grupo. Robert pede a Eddard para tornar-se o novo Mão do Rei depois da morte do conselheiro anterior, Lorde Jon Arryn. Eddard e sua mulher Catelyn descobrem através de Lysa Arryn (irmã de Catelyn) que os Lannister planejaram o assassinato de Jon Arryn. Bran testemunha Jaime e Cersei tendo relações sexuais, então Jaime joga Bran de uma janela alta. Relutantemente Eddard concorda em tornar-se o nova Mão do Rei e viaja para o sul com suas filhas Sansa e Arya, deixando Catelyn, Robb, Bran (agora em coma) e Rickon em Winterfell. Jon Snow decide viajar para a Muralha e juntar-se a Patrulha da Noite, Tyrion junta-se a Jon em sua viagem, pois esta curioso para ver a fabulosa construção com seus próprios olhos.
Depois de Eddard partir para o sul, um atentado contra a vida de Bran é feito, ato que é frustrado apenas por seu direwolf Verão. Catelyn percebe que Bran deve ter visto algo e foi jogado pela janela deliberadamente, e que os pretensos assassinos estão tentando cobrir seus rastros. Ela então viaja pelo mar até a cidade capital de Porto Real, e é avisada por seu amigo de infância Petyr “Mindinho” Baelish que a adaga usada na tentativa de assassinato era sua, antes de perdê-la em uma aposta para Tyrion Lannister. Viajando para o norte novamente, Catelyn e sua comissão encontram Tyrion por acaso em uma estalagem (pois ele esta retornando para o sul da Muralha) e o leva cativo para a cidade do Ninho da Águia, onde Lady Lysa o coloca a julgamento. Tyrion ganha sua liberdade, depois de pedir a Lysa um julgamento por luta, e quando um dos mercenários que ajudou a capturá-lo, chamado Bronn, torna-se seu defensor e mata o defensor de Lysa.
Porto Real

Na capital Porto Real, Eddard investiga a morte de Jon Arryn e descobre que os três filhos de Robert, são na verdade um produto de uma relação incestuosa entre a rainha Cersei e seu irmão gêmeo Jaime. Menosprezando o conselho do outro irmão de Robert, Renly, em prender Cersei, Eddard, por misericórdia, oferece Cersei a chance de fugir. O Rei Robert morre em uma caçada em um acidente elaborado por Cersei, então o filho mais velho da rainha é proclamado rei, antes que Eddard pudesse passar a coroa para Stannis, o verdadeiro herdeiro de Robert. Quando Eddard move-se contra o novo rei, é traído por Mindinho. Relutantemente Eddard concorda em assinar uma falsa confissão de traição em favor das vidas de Sansa e Arya e uma chance de ser exilado na Muralha. Joffrey promete a Sansa que ele irá mostrar misericórdia, então mudando repentinamente de idéia pede a execução de Eddard. Enquanto Sansa é mantida em custória, Arya consegue fugir com a ajuda de Yoren, uma agente de recrutamento da Patrulha da Noite.

Uma guerra civil, mais tarde batizada de Guerra dos Cinco Reis, irrompe. Robb Stark lidera um exército de homens do norte para Correirro para apoiar Lorde Hoster Tully, o qual as forças ficam sob ataque de Lorde Tywin Lannister, depois que Catelyn capturou Tyrion como prisioneiro. Correrio, a fortaleza dos Tully, está sitiada por um exército sob o comando de Jaime Lannister, enquanto que Tywin Lannister possui um exército enorme ao sul do Rio Tridente para impedir o avanço de Robb. Robb e Catelyn ganham a ajuda da Casa Frey, ao concordar com casamentos entre Starks e Freys, entre outras concessões. Isto permite que Robb avance com sua cavalaria e cruzar Green Fork enquanto que sua infantaria, sob o comando de Roose Bolton, um dos homens de Robb, marcha até o Tridente. Tywin, unido agora a Tyrion (o qual ganhou o suporte dos clãs das montanhas do Vale), derrotam soldados dos Stark, antes de descobrir que Robb o havia enganado. Pouco depois, as forças de Robb surpreendem e capturam Jaime Lannister antes destruindo o exército dos Lannister em Whispering Wood, fora de Correrio. Tywin recua para o poderoso castelo de Harrenhal, e ordena Tyrion ir para Porto Real, onde ele irá governar efetivamente, usando a autoridade de Tywin como Mão do Rei.

Porto Real sendo representada com o símboloda da Casa Baratheon

Lorde Renly Baratheon foge para o sul de Porto Real para Jardim de Cima, fortaleza da poderosa Casa Tyrell, e lá é declarado rei de Westeros por aclamação, tornando-se o segundo da Guerra dos Cinco Reis. Robb Stark torna-se o terceiro, quando é proclamado o rei do Norte, por todos os Starks e Tullys presentes.

Na Muralha

 

 
 
No prólogo, três homens da Patrulha da Noite, liderados por Sor Waymar Royce, estão patrulhando as terras além da Muralha. Eles tropeçam em vários corpos massacrados de bárbaros. Eles são confrontados por várias criaturas de gelo, conhecido em fábulas e lendas como os Outros. Ser Waymar luta com uma das criaturas, porém é morto. O segundo homem, Gared, investiga o corpo de Royce, apenas para o corpo voltar a uma semi-vida e estrangulá-lo. O terceiro, Will, está tão apavorado com o que ele vê, que acaba fugindo para o sul, para a Muralha e então além. Ele é o desertor que é executado por Ned Stark no primeiro capítulo do livro.
Jon Snow escolhe juntar-se a Patrulha da Noite, depois que seu pai parte para Porto Real e viaja para o norte com seu tio Benjen Stark, o Primeiro Guarda da Patrulha. Na Muralha, Jon descobre que os Patrulheiros estão com problemas. Um novo Rei-Além-da-Muralha ergueu-se nas terras mais ao norte, juntando bárbaros a suas tropas. Este homem, Mance Rayder, foi uma vez um irmão da Patrulha antes de fugir e juntar-se aos bárbaros. Jon também descobre que os Patrulheiros estão perdendo suas forças rapidamente, mal reunindo mil homens para cobrir as três mil milhas da Muralha , e o poderio humano é agora feito de assassinos e criminosos, os quais escolheram a Muralha sobre execução e aprisionamento. Algum tempo antes da chegada de Jon, Benjen some enquanto estava patrulhando além da Muralha.

Jon e muitos outros jovens são ameaçados sem remorso pelo Controlador, Sor Alliser Thorne, porém Jon elabora um plano para que eles possam sobrepujar os planos do Controlador. Jon ganha a amizade de Samwell Tarly, um covarde, porém um inteligente garoto de Reach, e também a de Maester Aemon. Jon surpreende-se ao saber que Aemon é um membro da Casa Targaryen, tio-avô do agora destruído rei Aerys II, e o homem mais velho de Westeros.

Eventualmente Jon é promovido a posição de Irmão dos Patrulheiros da Noite, porém, ao invés de ser enviado aos Guardas, ele é promovido a assistente do Lorde Comandante da Patrulha, Jeor Mormont. Sam argumenta que isto não é um insulto; “o Velho Urso” está mantendo Jo por perto, como o pai mantém seus herdeiros próximos. Jon está sendo preparado para o comando. Enquanto Jon e Sam juram seus votos, além da Muralh, Ghost retorna com a evidência que dois dos homens de Benjen Stark estão próximos. Os corpos são carregados de volta ao Castelo Negro, onde eles retornam a um estado de semi-vida para atacar a Torre do Comandante, incluindo Mormont. Jon obtém sucesso ao matar as entidades novamente, queimando-os. Abalado, Mormont resolve liderar os Patrulheiros para testar sua força contra a de mance Ryder. Porém com as notícias da morte de seu pai, faz com que Jon duvide de seu chamado, no fim ele decide que seu lugar é com a Patrulha. Mormont usa este tempo para passar a espada Garra Longa, feita de aço Valiriano, da Casa Mormont, a qual Jon irá usar dali em diante.

No Leste

 

Na Cidade Livre de Pentos, Magister Illyrio Mopatis e o príncipe exilado Viserys Targaryen conspiram para vender a irmã de treze anos de Viserys, chamada Daenerys, em casamento para Khal Drogo dos Dothraki. Drogo comanda um clã de quarenta mil guerreiros a cavalo, com os quais Viserys planeja usar para tomar sua terra natal do usurpador Robert Baratheon. Entre os presentes de casamento estão três ovos petrificados de dragão, dados por Illyrio.
Inesperadamente, Daenerys e Drogo encontram o amor enquanto viajam para o leste para as vastas savanas do mar de Drothaki e Daenerys encontra-se grávida de um menino, que será chamado Rhaego, em homenagem ao seu irmão morto. Ser Jorah Mormont, filho do Lorde Comandante dos Guardiões e cavaleiro exilado de Westeros, por lidar com escravos, junta-se a Viserys como um conselheiro do estado atual dos Sete Reinos (Seven Kingdoms).

Viserys irado pelo tempo que deve esperar antes que Drogo decida invadir Westeros e bêbado e com raiva, insulta Drogo dolorosamente. Drogo então decide coroá-lo ali mesmo, com ouro derretido. Daenerys assume então a luta de seu irmão em reconquistar o Trono de Ferro (Iron Throne), porém Drogo está tão obstinado com a lua de sua vida como com o Rei Mendigo. A mesa vira quando um assassino Westerosi, pago pelo rei Robert, quase mata Daenerys e seu filho, ainda não nascido, Drogo, furioso, decide então invadir Westeros. Entretanto, durante uma cavalgada de guerra sobre os pacíficos Lhazareen, Drogo é ferido e a ferida apodrece. Daenerys então perde tanto Drogo quando seu filho ainda nem nascido, para os encantamentos de uma bruxa Lhazareen, ela então queima a feiticeira em uma pira de fogo. Daenerys havia sentido anteriormente os ovos e os sentiu aquecidos ao toque, mesmo ninguém mais sentindo o calor. Antes ela havia colocado os ovos em uma pequena fogueira e pensou que as chamas fariam algo reviver dentro dos ovos. Enquanto a bruxa estava sendo queimada, Daenerys colocou os ovos nas chamas escaldantes. Incrivelmente, os ovos se partiram, e Daenerys Targaryen, a Nascida em uma Tempestade (Stormborn), torna-se a mãe dos três primeiros dragões vistos no mundo por cento e sessenta anos.

Bem, com isso tudo aí em cima acredito que qualquer um ficará por dentro da série tanto quanto alguém que leu os livros. Claro, ainda falta muitos detalhes, mas a base para entendê-la e poder discutir está aí. O resto não tem sentido discutir agora já que a série vai nos mostrar na próxima temporada.

também direto do Dois e Meio

Sobre tioultimate

blog tipo 2 do titio ultimate
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s