Os mais estranhos crossovers de todos os tempos!

Pois é, meus caros, um belo dia desses este simpático blogueiro que vos fala estava navegando a toa pela internet e fez uma visitinha ao site geek SCI FI Wire, e por lá ele se deparou com mais uma dessas “lista de mais mais”. Ora, essas listas feitas por algum desocupado são uma autêntica praga e quase sempre refletem a opinião idiota e pouco abalizada do autor da mesma, mas a lista que eu vi no SCI FI Wire é tão interessante que não resisti a tentação de praticamente reproduzi-lá no meu modesto blog. Dito isso, vejam logo abaixo os mais estranhos encontros/crossovers/team-up dos quadrinhos americanos!

Jornada nas Estrelas com Mutantes?

Em 1996 razões que a própria razão desconhece fizeram o Capitão James Kirk e toda a tripulação da Série Clássica ter um contato imediato do primeiro grau com os X-Men. A história escrita por Scott Lobdell e desenhada por uma penca de artistas é tão bisonha que nem vamos entrar no mérito de discuti-la, mas pelo menos uma cena faz com que ela tenha o seu charme: ver o Spock aplicando o seu toque neural no Wolverine não tem preço! Posteriormente os mutantes da Marvel Comics se encontraram com a turma da Nova Geração em duas edições especiais lançadas em 1999 e em um romance escrito por Michael Jan Friedman.

Justiça a qualquer custo…

A produção americana de quadrinhos nos EUA é maciçamente focada em super-heróis, porém as bem-humoradas histórias do Archie – publicadas pela editora do mesmo nome – são uma honrosa exceção a regra. Um autêntico ícone cultural americano, não demorou muito para alguém ter a “brilhante” ideia de botar o Archie para enfrentar algum tipico super-heroi dos quadrinhos estadunidense. E isso de fato ocorreu em 1994, no sensacional gibi Archie Meets the Punisher / The Punisher Meets Archie, uma edição lançada simultaneamente com duas capas diferentes pela Marvel e pela Archie Comics onde o alegre ruivinho fica frente com ninguém mais ninguem menos que o Justiceiro, o psicopata-e-impiedoso-matador-de-bandidos da Marvel Comics! Claro, essa “aventura” está longe de ser um clássico moderno da HQ americana, mas até que é bonitinha, isso sem falar que todas as aparições do Justiceiro são desenhadas pelo espetacular John Buscema, um dos maiores artistas dos quadrinhos americanos de todos os tempos.

O Cego e o Paranormal

Nos anos setenta praticamente o mundo inteiro se encantou com os encantos de Uri Geller, um cidadão britânico-israelense supostamente dotado de poderes telecinéticos e telepáticos. Ora, para quem entortava colheres e fazia relógios andarem mais rápido apenas com a força do pensamento fazer uma aparição em gibi de super-heróis é mole, ainda mais quando Stan Lee está mais do que afim de botá-lo em uma tipica história da Marvel Comics! E foi o que aconteceu em Daredevil #133, onde ao lado do herói cego Demolidor o paranormal enfrentou uma perigosa trupe de bandidos.

A Dupla Dinâmica e o Comediante.


Talvez pouca gente saiba, mas desde o inicio dos anos cinquenta até o comecinho dos anos setenta o comediante Jerry Lewis era a principal estrela de um gibi humoristico publicado pela DC Comics, e muitas dessas histórias foram publicadas por aqui pela finada editora Ebal. Demorou um tempão, mas finalmente em 1966 Jerry se encontrou com super-heróis da DC no gibi The Adventures of Jerry Lewis #97, onde ele ao lado de Batman e Robin encararam o famigerado Coringa.

Os embalos de sábado a noite.

O Saturday Night Live é o principal programa de humor da tevê americana, e nos últimos trinta anos quase todos os principais humoristas daquele país passaram por lá. No final de 1978 no gibi Marvel Team-up #74 nosso querido Homem-Aranha juntamente com Stan Lee (sim , o Cara!) deu o ar da graça no estúdio onde o programa era gravado, e junto com os humoristas ele enfrentou um grupo de bandidos que estava barbarizando no local.

Mais um humorista…

A mais de meio século o humorista estadunidense Don Rickles mantém um sólida e reconhecida carreira artistica, e em 1970 uma jogada marqueteira bolada por ele e pela DC Comics fez com que o comediante aparecesse na revista Superman’s Pal Jimmy Olsen # 141, gibi escrito e desenhado pelo glorioso Jack Kirby. Nessa aparição um clone maligno de Rickles toca o terror para cima do Superman e do Guardião, e decididamente tal história está muito longe de ser um dos pontos altos da carreira de Kirby.

E mais um humorista… O último…

O humorista/apresentador/entrevistador David Letterman é um veterano da tevê americana, tanto que as mais diversas celebridades já foram entrevistadas por ele. Estava faltando apenas uma equipe de super-heróis no seu currículo, e em 1984 o apresentador entrevistou os Vingadores, no gibi Avengers #239, e obviamente o sossego dessa entrevista foi perturbado por um cientista louco, que no final das contas foi derrotado pelo próprio Letterman!

Malditos Marcianos…

Nos anos trinta o ator/autor/roteirista/diretor/radialista Orson Welles causou furor na América com a adaptação radiofônica do romance sci-fi Guerra dos Mundos, que de tão bem feita induziu milhares de pessoas a acreditarem que os EUA realmente estava sendo invadido por marcianos. Em 1949 Welles se encontrou com marcianos de verdade no gibi Superman #62, e as coisas teriam acabado mal para ele se o Superman não aparecesse para ajudá-lo…

A Luta do Século!

Em 1978 a carreira do pugilista Muhammad Ali estava mais pra lá do que pra cá, mas um grande luta ainda faltava para aquele que muitos consideram o maior boxeador de todos os tempos: enfrentar em combate o Superman! Escrita por Denny O’Neill, desenhada por Neal Adams, Superman vs. Muhammad Ali tem um roteiro assumidamente bobo, onde Ali distribui bordoadas tanto no Homem de Aço quanto em malignos invasores alienigenas, só que, a despeito da qualidade da história precisamos admitir: a arte de Adams está esplendorosa, e a capa desse gibi certamente é uma das belas já produzidas nos quadrinhos americanos. Ah, uma curiosidade: prestem atenção no canto inferior esquerdo da capa: reconhecem na platéia um certo cidadão brasileiro, vestido de amarelo?

Um rapper no meio da bandidagem…

Esse encontro não estava na lista original do SCI FI Wire, mas é tão interessante que não podíamos deixar de falar nele… No primeiro semestre de 2009 o rapper Eminem lançou os álbuns Relapse e Relapse 2, e como estratégia de divulgação ele permitiu que a Marvel Comics produzisse uma HQ, estrelada por ele e pelo eterno-matador-de-bandidos Justiceiro. Originalmente essa história foi publicada pela XXL (especializada em hip-hop), e atualmente está disponível para leitura on-line no site oficial da Marvel. E é só! Até a próxima!

Fonte:
SCI FI Wire

Anúncios

Sobre tioultimate

blog tipo 2 do titio ultimate
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Os mais estranhos crossovers de todos os tempos!

  1. . disse:

    muitas coisas legais. só que a pior de todas é o eminem e justiceiro. como um merda como o eminem estaria lado a lado com castle???????????????

  2. Curti o post!!Eu tenho um site: http://www.impulsohq.comVocê me autoriza publicar esse post no site?

  3. pode sim amigo, sou super fa do teu site!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s