Guia Prático sobre os X-Men: Fase 4 [1978-1980]

http://1.bp.blogspot.com/_fZ37jdy-g4M/TAhId7AXOFI/AAAAAAAAA8w/3hZaZFaGv_w/s1600/07+X-Men+Dark+Phoenix.jpg 
A fase que vai de 1978 a 1980 é marcada pelos incríveis trabalhos de Claremont & Byrne como dupla criativa. Além de desenhista, Byrne também era co-argumentista das histórias, o que, mais para frente, será responsável pelos atritos que levarão ao fim da parceria.
Com o pontapé inicial dado no arco entre X-Men #98-101, a nova fase será inteiramente permeada pela ascensão da Fênix Negra

Antes dela, contudo, os X-Men precisam enfrentar uma nova equipe de super-heróis: os canadenses da Tropa Alfa, criados por Byrne. A Tropa Alfa cruzará o caminho dos X-Men muitas vezes ao longo dos anos, principalmente pela relação que Logan tem com o grupo.

Os pupilos de Xavier também, com a ajuda do Fera, precisaram enfrentar Magneto novamente, agora aliado de Mesmero. Depois dessa batalha na Terra Selvagem, os X-Men acreditaram que Jean e Fera estivessem mortos, e vice-versa. Nessa época, Ciclope namorou a detetive Coleen Wing, que foi membro dos Heróis de Aluguel.
Outras aventuras dessa fase incluíram o Rei das Sombras, Arcade e o Japão, onde Solaris aparece novamente, bem como surge Mariko Yoshida, um dos amores da vida de Logan. Nessa batalha no Japão contra Moses Magnum, Banshee acaba perdendo seus poderes.
Na Ilha Muir, enquanto Moira está testando a dimensão dos poderes da Fênix, os X-Men precisam enfrentar Proteus, filho que Moira mantinha isolado na ilha. Vulnerável a metal, Proteus é morto por Colossus.

A partir de então, a Saga da Fênix Negra começa a se encaminhar para o seu auge. É apresentado o Clube do Inferno, uma sociedade de cujo Círculo Interno participam Emma Frost, Sebastian Shaw e Jason Wyngarde, o Mestre Mental. Aparecem também pela primeira vez as mutantes Cristal e Kitty Pryde, que acabam se tornando alvos do Clube.

Sedentos de poder e querendo dominar o mundo, os membros do Clube do Inferno contam com as ilusões do Mestre Mental para atrair Jean Grey para o seu grupo. A personalidade da Fênix Negra desperta, quando os X-Men são capturados pelo Clube.

Depois de quase matar seus amigos, a Fênix parte rumo ao espaço para extravasar sua fome. Ela acaba por consumir um planeta habitado. De volta a Terra, ela consegue ser controlada, com bloqueios mentais dados por Xavier e volta a ser simplesmente Jean Grey. Contudo, os problemas não haviam terminado: os Shiar teletransportam todos os X-Men, agora com a presença também do Anjo, para sua nave e Lilandra os comunica que Jean deve ser julgada por matar todo um planeta.
De acordo com as regras Shiar, a Fênix pode ser absolvida se os X-Men vencerem oponentes escolhidos por Lilandra. É assim que começa uma batalha contra a Guarda Imperial na área azul da Lua. Após uma luta emocionante, Jean se sacrifica para impedir que seus amigos sejam mortos, numa das cenas mais épicas dos quadrinhos de super-heróis de todos os tempos. Originalmente, a ideia era não matar Jean, mas afastá-la da equipe por um tempo, após perder seus poderes. Todavia, o editor Jim Shooter acreditava que o final seria mais impactante com a morte da personagem. A versão original da dupla de criadores saiu apenas em 1983, em Phoenix – The Untold Story.
Depois da Saga da Fênix Negra, Scott abandona a equipe por um tempo e eles enfrentam Wendigo, em ajuda à Tropa Alfa. Antes, porém, do final da dupla Claremont & Byrne, Kitty Pryde entra nos X-Men e participa da saga Dias de um Futuro Esquecido, que traz um futuro catastrófico para os mutantes e apresenta uma personagem que dará as caras no futuro: Rachel Summers.

Na edição #142, o título ganhou o adjetivo Uncanny(Fabulosos) no nome.

A última edição da dupla é Uncanny X-Men #143, com o batismo de Kitty no grupo. Desavenças em diferentes períodos marcaram a parceria, mas a gota d’água, de acordo com o website Universo HQ, “atribui-se ao quadro em que a Ororo do futuro aparece utilizando seus dotes de ladra para abrir a porta do quartel-general dos Sentinelas (página 34 desta edição). Byrne teria argumentado que os robôs gigantes não se preocupariam em ‘trancar a porta’, com o que Claremont, autor da idéia, concordara. Mais tarde, porém, o roteirista teria chamado o arte-finalista Terry Austin para refazer o quadro, colocando a cena original que imaginara com a ‘ladra’ Ororo.”

A edição #144 serviu de transição até a entrada de um novo desenhista. Byrne deixou os desenhos e assumiu Quarteto Fantástico e Dave Cockrum volta para os desenhos, sendo substituído depois por Paul Smith.

No Brasil:

A RGE trouxe as edições #109-110 em Almanaque Marvel #15-16 e depois as edições #111-122 em Almanaque Hulk #7-9.

A Abril publicou:
– a edição #117 em Superaventuras Marvel #63;
– as edições #120-122 em Superaventuras Marvel #39 e em Marvel Saga #5;
– #123 e #124 em Supervanturas Marvel #14 e Marvel Saga #3;
– o anual #3 em Superaventuras Marvel #18;
– #125-128 em Superaventuras Marvel #20-23 e Marvel Saga #3;
– #129-131 em Superaventuras Marvel #24-26 e Marvel Especial #7;
– #132-134 em Supervanturas Marvel #29-31 e Marvel Especial #7;
– #135-137 em Grandes Heróis Marvel #7 e Marvel Especial #7-8;
– #138 em Superaventuras Marvel #34 e Marvel Especial #8;
– o anual #4 em Superaventuras Marvel #35;
– #139-140 em Superaventuras Marvel #40-41;
– #141-142 em Superaventuras Marvel #45-46 e X-Men Especial #2;
– #143 em Superaventuras Marvel #42;
– #144 em Superaventuras Marvel #44; A Mythos publicou em seu especial X-Men: Edição Histórica #1, as edições #109 e #111-121. Na Edição Histórica #2 saíram de #123 a #137. Na #3, de #138-144.
A Panini publicou as edições #109, #120 e #121 em Os Maiores Clássicos da Tropa Alfa #1. As edições #129-137 saíram em Os Maiores Clássicos dos X-Men #4. As edições #141-142 saíram em Marvel 40 Anos no Brasil.

Galeria de Imagens

Sobre tioultimate

blog tipo 2 do titio ultimate
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Guia Prático sobre os X-Men: Fase 4 [1978-1980]

  1. kalsifer disse:

    e uma pena que tenha acabado a dupla Claremont & Byrne.foi uma boa fase…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s