Coringa – Príncipe Palhaço do Crime

Quem é o Coringa?

O nome original dele, nos EUA é Joker (piadista) e sua tradução fiel para o português é Curinga, porém, por essa pronuncia ficar estranha, passaram a chamar de Coringa.
Originalmente, não se sabe o motivo do Coringa ter começado a ameaçar as ruas de Gotham City, combatendo o Batman, causando pânico e terror na cidade para atingi-lo. Em 1940, em sua primeira aparição, ele era um ladrão de joalherias que matava as pessoas presentes no local de seu crime. Nas histórias das décadas de 1940 e 1950, ele aparentava sempre morrer, mas nunca achavam seu corpo.

PRIMEIRA APARIÇÃO DO CORINGA – BATMAN # 1

Foi criado por Bill Fingar e Bob Kane com a sugestão de Jerry Robinson, aparecendo pela primeira vez em Batman 1 (1940). É um psicótico com uma aparência que lembra um palhaço, com seu cabelo verde, rosto branco e um sorriso constante, vermelho intenso. O Coringa foi criado a partir de uma foto de Conrad Veidt no filme The Man Who Laughs (1928) trazida pelo roteirista Bill Finger, e uma carta de baralho trazida pelo desenhista Jerry Robinson.

Em 1951, a revista Detective Comics criou uma versão para o surgimento do Coringa. Um bandido, conhecido como Capuz Vermelho, tenta assaltar uma fábrica e quando Batman e Robin chegam, ele cai acidentalmente em um tonel de produtos químicos e é dado como morto, porém, 10 anos depois, ressurge completamente louco, com pele branca e cabelos verdes. Lê-se essa história também em Batman: A piada Mortal, escrita por Alan Moore.

Nos anos 1960, o Coringa se transformou em uma versão mais amena, devido ao Comics Code Authory, que vigiava o conteúdo das histórias em quadrinhos.

Ele voltou à sua forma original em 1973, quando Dennis O’Neil e Neal Adams criaram um Coringa maníaco, homicida e obcecado pelo Batman.

Os anos 80 foram feitas as grandes histórias do personagem. Primeiro, A Piada Mortal, de Allan Moore e Brian Bolland, mostrando uma nova origem ao Coringa, e ele dando um tiro na Coluna espinhal da Barbara Gordon, deixando-a aleijada.



Em Batman – Cavaleiro das trevas de Frank Miller mostra cena antológica onde o Coringa ao perceber que Batman volta ativa, começa a gaguejar nome dele até voltar do seu estado catatônico.



Em ‘Morte em Família’, vemos o Coringa espancando até a morte com um pé de cabra, o segundo Robin – Jason Todd.


Asilo Arkham é a obra de dois gigantes Grant Morrison (Homem animal, Liga da Justiça…) e Dave Mckean (Orquídea Negra, e todas as capas de Sandman). Nesta história os internos do Asilo liderados pelo Coringa  mostram ao Batman que a linha que o separa dos seus vilões esquizofrênicos é tênue. Muito tênue.

Imperador Coringa
Em uma história  do Superman, o Coringa roubou uma tecnologia pertencente ao Sr. Mxyzptlk que podia distorcer a realidade. Com seus novos poderes  matou Lex Luthor, uma e outra vez para seu próprio entretenimento pessoal, ele matava e depois ressuscitava o Batman, para depois matá-lo novamente. Ele, eventualmente, foi derrotado pelo Superman.

Em Batman # 655 o Coringa foi baleado no rosto por um policial perturbado que estava se passando por Batman. Ele ficou fora de ação por algum tempo.

O palhaço faz seu  retorno  sob o disfarce do jornalista britânico / detetive Sexton Oberon, e ao mesmo tempo  como o assassino Domino.

APARIÇÕES NOS FILMES

No seriado de 1966, o Coringa foi magnificamente personificado pelo  Cesar Romero. Com roupas berrantes, o ator exercitou caras e bocas para “brincar” com os dois heróis. O que ninguém percebeu, foi bigode do ator por debaixo da maquiagem branca.





Em 1989, no filme Batman, Jack Nicholson se eternizou,por um longo tempo, na figura do Coringa e enriqueceu por ter ganho 50 milhões em porcentagem da bilheteria. Ri melhor quem ri por último!




No seriado Birds of Prey, Coringa faz uma participação, o ator Roger Stoneburner numa cena enfrentando Batman e Batgirl, onde atira na moça. Roger foi dublado por Mark Hamill, que fez a voz do Coringa em desenhos.




No curtametragem não autorizado Batman Dead End, exibido no San Diego Comi-Con 2003 e dirigido por Sandy Collora, o Coringa retorna assustador, baseado em A Piada Mortal. O Palhaço do Crime usa uma jaqueta bem legal com a inscrição do sanatório ARKHAM impressa nela. Coringa foi interpretado pelo ator Andrew Koenig (de STAR TREK).

Em “O Cavaleiro das Trevas” de 2008, quase 20 anos depois, o maior vilão das histórias em quadrinhos retorna às telas de cinema, vivido agora por Heath Ledger, na sua versão mais sombria e psicótica fora dos quadrinhos até então. Foi também o penúltimo papel do ator que morreu antes da estréia do filme, mas que de tão impressionante, ganhou um Oscar póstumo.






Na TV


Nos desenhos das décadas de 60 e 70, o Coringa sempre teve as mesmas características do da série de TV, mas com algumas alterações, por exemplo, seu cabelo não era totalmente verde, e sim preto com mechas esmeraldas.


Em outros desenhos antigos, como Scooby-Doo, o palhaço do crime retorna, agora com os cabelos totalmente verdes


O vilão não participou ativamente do desenho SuperAmigos como membro da Legião do Mal, provavelmente, porque na mesma época a Filmation possuia os direitos do personagem para o desenho solo do Batman (SuperAmigos era da Hanna-Barbera). Porém, numa das últimas fases “The Super Powers Team: Galactic Guardians” de 1986, fez algumas participações, inclusive na abertura do desenho, seu melhor episódio foi Wild Cards.


Em Batman Animated Series, o Palhaço do Crime, retorna numa ótima versão, quase tão violenta como as dos gibis.


No terceiro ano do desenho, chamado de Batman Volume 2, os produtores resolveram que o Coringa deveria ter apenas duas cores, verde e roxo.


No longa animado Batman do Futuro: o Retorno do Coringa, o vilão retorna bem perverso e com uma inteligência genial, sem roupas berrantes e cabelos raspados.


Em Liga da Justiça e Super Choque, o maior vilão de todos os tempos tem um visual que mescla as versões de Batman Animated Series e Batman Volume 2.


Em 2004, o mundo vê o palhaço do crime renascer no desenho The Batman. O visual do vilão está totalmente diferente de qualquer outras versão sua, seja em hqs, ou desenhos animados.


O maior vilão de Gotham está de volta em 2009, na série Batman: Os bravos e Destemidos, sendo um dos destaques nesta série que tem um tom leve e infantil.


O Coringa tem sua participação mais psicótica numa versão animada, em Batman: Under The Red Hood, lembrando o visual do filme O Cavaleiro das Trevas.

via: comicbookmovie e apogeedesign

Anúncios

Sobre tioultimate

blog tipo 2 do titio ultimate
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Coringa – Príncipe Palhaço do Crime

  1. Anonymous disse:

    A resenha só não está completa pq faltou o melhor Coringa, O Joker, O Palhaço do Crime de todos, todos, TODOS: O do Batman Feira da Fruta !Aquele que comeu a tia do Bátema !!!!

  2. Logan_jak disse:

    muito boa materia um pouco vilao tanto destaque que batman….

  3. anonimo quase coloquei isso…mas perderia aseriedade da matéria. Mas que é muito engraçado, isso é.^^

  4. Parabéns, vou reproduzir seu post no meu, colocando os créditos ok? Tenho no meu um da Mulher Gato, bem semelhante e completo como o seu co Joker!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s