Madame Xanadu #27


O tato pode ser o mais sensual dos cinco sentidos, mas é a ruína de Neon Azul, uma visão da beleza de porcelana, que não se importa com contato físico. Veja, Azul não é o que parece, e tocá-la leva a nada além de má sorte e morte prematura. Mas quando ela cruza o caminho de Madame Xanadu em 1964, este vai ser finalmente o fim de sua vida longa e insensível? Parte 4 de “Extra-Sensorial”.

Por Andrea Mussap e Fx

Sobre tioultimate

blog tipo 2 do titio ultimate
Esse post foi publicado em Madame Xanadu V2. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Madame Xanadu #27

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s