Grant Morrison e suas aparições nos gibis da DC Comics

O fato que Grant Morrison é um célebre roteirista que criou obras-primas dos quadrinhos em várias editoras, principalmente na DC Comics, já não é novidade e todo mundo sabe disso. Porém, o que poucos sabem é que Grant já fez diversas aparições em histórias em quadrinhos de diversas editoras, principalmente na DC. Morrison tem um histórico avolumado de participações em histórias. Tudo começou com ele mesmo em Homem-Animal já em inícios da década de 1990. Num trabalho que muitos fãs relembram vividamente, o autor conseguiu transformar a si mesmo num personagem de histórias da DC Comics. Foi assim que ele, realmente, virou uma propriedade da editora, fazendo-lhe aparecer em alguns outros lugares – sejam em histórias dele ou não.

Confiram suas principais aparições nos gibis da DC Comics:
Homem Animal: Após Crise nas Infinitas Terras, diversos personagens da editora foram totalmente reformulados para o novo e remodelado Universo DC que surgiu após a Crise. O então jovem, e já talentoso, Grant, reformulou o então obscuro Homem Animal, tornando-o um sucesso de público com histórias carregas de metlinguagem que mostrava personagens Pré-Crise e obscuros presos num Limbo. Grant Morrison apareceu pela primeira vez como um personagem de quadrinhos em um cameo em Animal Man # 14. Ele fez uma aparição completa no final da edição de número 25, onde Buddy Baker, o Homem Animal, encontra seu escritor. Morrison passou a maior parte da edição da revista de número 26, em uma longa conversa com Buddy sobre o impacto do “realismo” nos quadrinhos e explicando o porquê de tantas tragédias na vida de Buddy, como a morte de sua família, após ser questionado pelo herói. Ao fim da conversa, após se despedir de Buddy, o escritor surpreende o herói ao ressuscitar a família dele.
Um detalhe curioso é que na histório é que Morrison revela que tinha na infância uma amiga imaginária chamada Raposita, que é a tal raposa que aparece ou é mencionada algumas vezes durante o decorrer das histórias do herói sob a batuta do escritor escocês. Além disso descobrimos que o Homem-Animal tornou-se uma espécie de alter-ego para difundir as idéias do escocês, que é vegetariano e defende os direitos dos animais.
O mais interessante é que esse encontro vem sendo desenvolvido desde a história inicial, vamos relembrar os sinais de que esse encontro poderia ocorrer:

O Evangelho do Coiote – O episódio menciona um Deus de um mundo superior que decide o destino do coiote com um pincel.
Espelho, Espelho Meu – No começo e fim do episódio aparece uma tela do computador com frases digitadas não se sabe por quem.
Raposa em Fuga – O Dr. Highwater encontra um pedaço de papel no chão da cela do Pirata Psíquico no Asilo Arkham, nos dois lados do papel, histórias em quadrinhos.
Origens Secretas – O vilão Hamed Ali é desconstruído como se fosse um desenho feito ao contrário.
Conseqüências – O Dr. Highwater aparece duas vezes com partes do corpo sendo desconstruídas com se fosse um desenho.
A Nova Ciência da Vida – O Computador aparece novamente narrando o episódio e o Homem Animal descobre que vive numa dimensão na qual é observado por outros seres estranhos: nós.
Crise e Dia da Purificação – Pirata Psíquico, Ultraman e Homem Superior também descobrem o “portal” para o mundo de três dimensões.

Esquadrão Suicida: Pouco depois, Morrison, após ter quebrada a Quarta Parede em Homem Animal, se tornou o personagem conhecido como “O Escritor” e apareceu no número 58 do título mensal Suicide Squad (escrito por John Ostrander). Esta edição fazia parte da saga Guerra dos Deuses (inédita no Brasil). Na trama, o Escritor é visto reclamando que outros “escritores” tinham assumido o controle do seu destino, agora que ele era parte da “continuidade” da DC. Ele demonstrou suas habilidades ao escrever o diálogo em um laptop. Este texto foi atribuído especificamente aos heróis aliados ali reunidos específicos. Momentos depois, os aliados, em seguida, disseram as palavras que ele havia digitado. Em seguida, ele participou do ataque à fortaleza de Circe. Ele eliminou alguns inimigos escrevendo suas mortes, que logo depois aconteceram. Porém, um bloqueio criativo o atacou e ele acabou sendo assassinado por um humanóide bestial.

Sete Soldados da Vitória: Morrison viria a ser contado entre os Sete Desconhecidos, o corpo de “engenheiros realidade”, vistos durante todo o evento Sete soldados da Vitória. Todos eles parecem exatamente como Morrison. No fim da história da Zatanna podemos ver um deles com um botton da DC, que se parece exatamente com Morrison.

Doutor Treze: Nas histórias do Dr Treze publicadas em Tales of the Unexpected, Doutor Treze e sua equipe encontrou os auto-proclamados Arquitetos do Universo DC, que usavam máscaras de Batman, Superman, Mulher Maravilha e Flash. O quarteto poderia ser interpretado como os escritores da saga 52, da DC: Grant Morrison, Geoff Johns, Greg Rucka e Mark Waid. O que usa a máscara de Batman, carrega mais do que uma semelhança passageira com Grant Morrison.

Justiça: Em Justiça, Brainiac foi desenhado baseado em Grant Morrison.

DC: A Nova Fronteira: Nas notas da edição absoluta de DC: A Nova Fronteira, o escritor Darwyn Cooke mencionou que a versão do Capitão Frio presente na mini foi desenhado com similiaridades com Grant Morrison.

Algumas curiosidades sobre Grant Morrison: Confiram agora algumas curiosidades interessantes sobre o escritor escocês:
–>Grant nasceu em Glasgow em 1960. Além de aparecer em gibis da DC, apareceu nas revistas dos Simpsons (onde brigou com Mark Millar), MAD e Filth (de sua autoria).

–>Grant Morrison adora gatos. Sempre que pode, fala sobre os bichanos em histórias em quadrinhos escritas por ele, como em Homem Animal, onde falou de um gato seu que morreu.

–>Recentemente, Morrison apareceu no clipe Na Na Na (Na Na Na Na Na Na Na Na Na) da banda My Chemical Romance em 2010 como o vilão Korse. Ele repetiu seu personagem no vídeo da música Sing “.

Artigo postado originalmente no http://antimonitorhqsv1.blogspot.com/

Sobre tioultimate

blog tipo 2 do titio ultimate
Esse post foi publicado em Artigos. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s